O que os cristãos pensam sobre a Bíblia, Jesus e a Igreja?

Estamos realizando uma pesquisa para saber o que os cristãos pensam sobre a Bíblia, Jesus Cristo a Igreja e outros temas.

Acesse aqui e dê a sua opinião.

Como será viver em um País Evangélico

De acordo com uma pesquisa do SEPAL (Serviço de Evangelização para a América Latina) e publicada na Revista Época, o Brasil terá a metade da população evangélica em 2020. Metade da população significa maioria evangélica. A pesquisa levou em conta o crescimento evangélico das últimas décadas para chegar a essa projeção.

Se essa tendência se confirmar muitas coisas poderão mudar, visto que historicamente o Brasil sempre foi um país católico. Mas a pergunta que fica diante desse quadro é: Como será viver em um país evangélico?

Primeiro quero destacar que minha análise irá levar em conta que essa imensa população será formada de evangélicos verdadeiros e não de evangélicos nominais apenas.

O que poderá ou deverá mudar no Brasil:

Consumo de álcool, fumo e drogas

O consumo de álcool, fumo e drogas irá cair drasticamente, já que tais práticas são contrárias à palavra de Deus, desta forma, não combina ter um consumo crescente ou estável de tais substâncias em um país verdadeiramente cristão/evangélico.

A valorização da família

Outro ponto importante será uma mudança na estrutura familiar. Os evangélicos defendem a valorização da família, portanto, problemas familiares como divórcio, abandono, violência familiar, entre outras precisam diminuir.

Educação

A educação será beneficiada. Se aliarmos os já crescentes índices de interesse da população adulta pela educação com o advento do aumento significativo dos evangélicos, teremos uma busca muito grande por educação em todos os níveis.

Este fato se justifica, pois os evangélicos precisam estudar não só a Bíblia, como outras literaturas cristãs e seculares, também, há uma preocupação maior com a qualidade da educação dos filhos diante dos tantos problemas enfrentados nas escolas, especialmente nas escolas públicas.

Problemas Sociais

Podemos esperar uma queda em muitos problemas sociais, como a violência, especialmente a doméstica. Acidentes de trânsito, principalmente os motivados por embriaguez e excesso de velocidade, entre outros.

Viver em um país evangélico será sem dúvida muito diferente do que vivemos hoje (2010) e esperamos ver uma mudança profunda em nossa sociedade, onde os valores cristãos, como o amor ao próximo e a Deus, esteja evidente não só dentro das igrejas, mas nas ruas, escolas, empresas e principalmente no seio familiar.

// COMPARTILHAR



[ Evangelização ]





 
 
 
 

2007-2012 // evangelizacao.blog.br // Hospedado no UOLHost